Pular para o conteúdo principal

Papo de Psicóloga: Compulsão alimentar (Parte 1)

Por Karina Alvarez de Aragão - Psicóloga

A compulsão alimentar é um transtorno comum no qual a pessoa ingere frequentemente grandes quantidades de comida mesmo quando não tem fome ou quando já se sente saciado e até mesmo desconfortável com o excesso ingerido. Ao contrário da bulimia, o compulsivo não purga depois de comer ou praticar exercício em excesso na tentativa de queimar as calorias ingeridas.

A grande maioria dos portadores do transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP) acaba por tornar-se obesa, acarretando uma série de outras doenças associadas à obesidade, tais como diabetes e pressão alta.

Pode-se reconhecer um quadro de TCAP pelos hábitos adquiridos pelo indivíduo portador, tais como:

• Ingerir uma grande quantidade de comida, mesmo sem fome;

• Demonstrar descontentamento com o peso ou aparência

• Comer enquanto houver comida disponível;

• Comer até sentir desconforto físico;

• Comer durante episódios de stress, ou de pressão psicológica

• Esconder hábitos alimentares por vergonha ou embaraço;

• Esconder comida para episódios de compulsão;

O tratamento da compulsão alimentar é basicamente à base de terapia em suas mais diversos formatos (individual, familiar, grupos) e abordagens. 

Pode-se usar supressores de apetite e alguns medicamentos como anti-depressivos para tratar condições associadas.

Lembrando que apenas um médico está apto a fazer o diagnóstico.

Este é um transtorno específico cujo quadro deve ser diagnosticado e tratado, no entanto podemos observar a ocorrência de sintomas de compulsão sem que se configure um quadro patológico. 

Encontramos facilmente relatos como: 
“Fiquei nervosa e ataquei um pacote de biscoito inteiro”;
“Na TPM como chocolate compulsivamente”;
“Não paro de comer enquanto não vejo o fim!”
Para esses episódios mais do que comuns e não patológicos (embora também possa contribuir para casos de TCAP) podemos sugerir algumas técnicas comportamentais de manejo das compulsões. 

Para não ficar um texto demasiado longo, dividi em duas partes, logo a parte das técnicas ficará para as cenas dos próximos capítulos.

#focanabalança

Karina Alvarez Lopes e Aragão
Psicóloga
kakaalvarez@gmail.com
Tel: (13) 9712-5752

Comentários

  1. Adorei as dicas.
    Minha compulsão é por chocolate.
    Tento me controlar.
    #amigacomenta
    Bjks
    http://www.maevaidosa.com/2013/06/meu-pequeno-corajoso.html

    ResponderExcluir
  2. Ansiosa pela parte 2!
    Eu já fui diagnosticada como compulsiva e é uma luta diária vencer isso.
    Mudanças de hábitos nunca são fáceis, mas nesse caso são ainda mais complexas...
    Mas vamos em frente ne?
    Um dia de cada vez.
    beijao
    Lele

    ResponderExcluir
  3. Lia, só te falo uma coisa: sou compulsiva alimentar!!!! Me identifiquei em quase todos os sintomas...aahhhhhh vou me matar! Hehehehehehehehe bjs mas é verdade Camila Mamãe Viver Bem Bom www.viverbembom.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Planner Diário: Organize seu dia

A gente sempre sabe que precisa ser mais organizada, mas o que acontece é que a rotina nos engole e vamos deixando as coisas pelo caminho, não é mesmo?

Para ajudar a retomar as rédeas da nossa vida e do nosso destino, montei esse planner diário que vai facilitar e muito a organização do seu dia a dia !



É só imprimir e começar a usar!

O que? Não tem impressora ?

Pega uma folha de papel e crie o seu a partir deste modelinho!

Fez?
Posta e me marca que eu quero ver tá?

Um beijo e Foca na Organização

Como Participar do Foca na Balança

A primeira pergunta que todo mundo que chega por aqui faz é essa: "Como posso participar do Foca na Balança?"
Para eliminar toda e qualquer tipo de dúvida que possa surgir, preparei este post para vocês, vamos lá?


Treinamento Funcional na Praia
Nossas aulas de Treinamento Funcional na Praia acontecem todas as segundas, quartas e sextas às 9 da manhã, nas areias da praia do Canal 3 em Santos*, atrás da Concha Acústica.


A primeira aula é grátis e você pode agendar a sua participação enviando uma mensagem pelo nosso Instagram ou Facebook.

* Em caso de chuva forte com raios o treino é cancelado.

Caminhadas Mensais Gratuitas
O nosso grupo inicialmente realizava caminhadas diárias no período da noite nas areias da praia de Santos.

Atualmente, as caminhadas são sempre temáticas e realizadas um sábado por mês, com programação divulgada previamente em nossas redes sociais, saindo entre 9:30/10 da manhã do mesmo local onde as aulas de Funcional são realizadas, no Canal 3, em frente à C…

Foca Responde: Mulher precisa treinar braços?

Todo mundo sabe que assim como os homens odeiam fazer treino de pernas, a grande maioria das mulheres foge dos exercícios que trabalham membros superiores!

Mas porque é que a mulherada evita tanto este tipo de treino?

Muitas mulheres não fazem exercícios de braço com medo de ficar “forte demais”.
O que a maioria não se dá conta é que, a maior parte dos movimentos do nosso dia a dia, exige força adivinhem onde?
Simmmmm, nos braços !

Treinos funcionais (usando apenas a força do corpo) ou de Musculação (usando peso livre ou máquinas) preparam você para atividades que eu tenho certeza que acontecem diariamente em sua rotina como:
- Carregar sacola de mercado,
- Ajudar os filhos com as pesadas mochilas da escola,
- Pegar os filhos, sobrinhos, netos (etc), no colo,
- Mudar móveis de lugar, dentre muitas outras atividades ...

Sem contar que treinar braços, ombros, costas e peitoral melhoram e muito o seu tônus muscular fazendo com que o passar dos anos não sejam cruéis e a flacidez muscular seja minim…