Pular para o conteúdo principal

Seu filho consegue identificar suas emoções?

Todos que possuem o convívio diário com crianças, sejam elas filhos, sobrinhos, netos etc, frequentemente se deparam com episódios onde os pequenos, por não saberem identificar e/ou lidar com suas emoções, acabam entrando em colapso!

Atire a primeira pedra aquele que nunca ficou perdido ao ver uma criança chorando desolada, ficando com raiva “sem motivo” ou ainda batendo no amiguinho.

Mas calma! Para tudo nesta vida temos uma solução !

Quando passei a tentar identificar o motivo pelo qual um filho meu chorava fora do contexto ou ainda  me respondia de forma descontrolada, consegui lidar muito melhor e diminuir a frequência com a sua quais os momentos de “chilique” aconteciam !

Como eu fiz?

Comecei a trabalhar com eles, em formato de brincadeira, como são e o que traz cada emoção!

Por exemplo:

Miguel acordou muito cedo naquele dia.
Às 19h começou a chorar por qualquer motivo, nada estava bom!
Vamos comer? Ele chorava
Vamos tomar banho? Ele chorava
Vamos brincar ? Ele chorava

Cansada de um dia inteiro de trabalho, acordada desde às 5 da manhã, em um primeiro momento eu só queria que aquilo terminasse e fui me contaminando com o mimimi dele!

Daí antes de incorporar a exorcista que há em mim {que eu tenho certeza que você tem também}, peguei uma folha de papel, fiz um circulo gigante e desenhei uma cara de cansada.

Mostrei para o Miguel e perguntei:
Como está essa carinha?

Ele prontamente respondeu: Cansada, mamãe !

Respondi: Sim! É assim que a mamãe está hoje! E você? Desenha como você está?

Ele pegou a folha e desenhou uma carinha parecida com a minha mas ainda com os olhos fechados e disse:
Minha carinha está cansada e com sono !

Ótimo! Identificamos o que era aquele incômodo!

Expliquei pra ele a importância de se observar o que a sensação do sono estava dando a ele. E ele respondeu: Estou muito cansado e quero dormir!

Tomou banho e foi parando de chorar, jantou quase dormindo no prato e foi dormir mais calmo e feliz!

Entendem a importância?

Você já fez algo assim com os seus?
Conta pra mim a sua experiência? Tenho certeza que cada ideia conta e que sempre vale a pena compartilhar !!!

O que? Você nunca pensou nisso antes?

Pois então clica no link abaixo e faz o download gratuito do esqueminha no formato A4 que eu fiz e estou disponibilizando para vocês:

Identificando as emoções

Em formato de brincadeira  fica ainda mais fácil fortalecer o emocional dos nossos pequenos aprendizes!

Gostou? Compartilhe com suas amigas ! Marque uma mãe que precisa saber disso!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Papo de Psicóloga: Planejamento

Por Karina Alvarez Lopes e Aragão - Psicóloga Um grande aliado de qualquer projeto inclusive reeducação alimentar e dieta é o PLANEJAMENTO. Nós já falamos de motivação, que vêm a ser o primeiro passo, mas conhecer os seus motivos e parar por aí não leva ninguém a lugar nenhum. Depois de listar porque queremos emagrecer,devemos listar como vamos emagrecer . É interessante lembrar que temos duas grandes questões a serem trabalhadas: Reeducação alimentar Atividade Física Para reeducação alimentar devemos ter alimentos saudáveis disponíveis e então levantar os seguintes questionamentos:  Quem/quando vai comprar? Quem/quando vai preparar? Qual o cardápio que vamos seguir? Quais são as exceções da dieta?  Lembre-se que, sem planejamento a probabilidade de atacar um pacote de bolacha recheada na hora da fome aumenta exponencialmente, agora, se houver cenourinhas cortadas em palitos disponíveis na hora que bate aquela fominha. fica mais fácil resi

Meta 1 - Concluída com Sucesso !!

Como toda quarta feira, hoje pela manhã eu me pesei. Sabia que estava bem perto da minha meta, já que na semana passada a balança marcou 65,8 kg. A minha meta de número 1, quando comecei o projeto em 13/02, era de chegar no peso que engravidei do meu segundo filho Miguel, os 65 kg. Mas Lia, você me pergunta, como assim meta número 1? Eu explico! Todas as metas devem ser adaptáveis. A gente nunca deve estipular uma meta "x" e pronto. Se for assim, a gente chega lá (e não importa o quanto demore) e quando chega, faz o que? Volta à vida de antes? Nesse raciocínio, tracei 3 metas (e não coloquei prazo para alcançá-las): 1- A mais "fácil" - 65 kg 2 - A de dificuldade média - 62 kg 3 - A muito difícil - Manter o peso eliminado bem longe e tonificar a musculatura (esta última para durar a vida toda). Pois bem, subi na balança e ela SORRIU o riso mais lindo de todos os tempos marcando: Sim, Sra e Srs !!!! 64,5 kg !!!! 0,5

Sorteio Camiseta Foca na Balança

Meninas, hoje estou lançando o primeiro sorteio aqui do Blog. Iremos sortear uma camiseta Foca na Balança ! A camiseta vai na cor azul e no tamanho G, caso a ganhadora prefira outro tamanho deverá aguardar o prazo de produção de uma nova remessa, que leva cerca de 20 dias. Se este tamanho estiver ok, o prêmio será enviado em até 2 dias após a confirmação da ganhadora ou do ganhador. Enviarei, sem custos ao sorteado, pelos Correios na modalidade PAC. Sortearemos pelo programa Randon.org no dia 19 de abril e o resultado será publicado simultaneamente aqui, na Fanpage e em nosso Instagram. Cadastrem seus e-mails que mais acessam no formulário pois entrarei em contato e a vencedora (ou o vencedor) terá 48 horas para retornar meu "chamado de confirmação". Caso passem as 48 horas e eu não consiga o retorno do vencedor, será realizado um novo sorteio. Para participar é só seguir atentamente as regras abaixo: 1 - Preencher o Formulário Completo 2 - Ter endereç